Mapa de Cobertura

Outubro 2020
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
26/10/2020

Rádio Dom Bosco FM

UMA RÁDIO NOSSA

Maria Monda: a “lufada de ar fresco” que a música portuguesa precisa

O trio feminino de canto à capella, Maria Monda, editou este mês o seu primeiro álbum, com título homónimo. O disco destaca-se pela recriação de temas de Amália, “Zeca” Afonso e Milton Nascimento.

Oálbum de estreia do grupo musical Maria Monda, composto por Susana Quaresma, Sofia Adriana Portugal e Tânia Cardoso, chegou às lojas dia 14. As cantoras conheceram-se no Mestrado de Teatro Musical na Escola superior de Música de Lisboa e formaram o trio graças a um projeto de música para bebés, no âmbito do coletivo Teatro Monda.

Susana, vinda da música erudita, assim como Sofia, “que já cantou fado e música tradicional”, e Tânia, com experiência em teatro musical. O “gosto pessoal” de cada uma das intérpretes influenciou a escolha dos temas, mas o coletivo do Teatro Monda também ajudou, através de “sugestões de amigos” e de “poesia que lhes foi parar às mãos”, explicou Susana.

O trio reconheceu que este projeto é “uma lufada de ar fresco” por terem “quebrado barreiras”, nomeadamente a escolha de repertório com poemas de Almada Negreiros ou Fernando Pessoa, pelo “uso de muitas percussões” e “conseguir certas harmonias apenas a três vozes”. A sensibilidade musical de Susana, Sofia e Tânia fê-las optar por temas pouco prováveis, como é o caso de Rondel do Alentejo, o poema de Almada Negreiros que recriaram com a ajuda do compositor, José Manuel David, e que escolheram como primeira música do álbum.

O CD de estreia levou dois anos a construir, um processo que começou com “um pequeno apoio da Fundação GDA”, e contou com recolha voluntária de fundos. Com dez músicas, o álbum inclui Menino d’Oiro e Que Amor Não Me Engana, ambos com letra e música de “Zeca” Afonso, Olha Maria, de Chico Buarque e Tom Jobim, ou A monte I, de Amélia Muge, letra e música. Os arranjos musicais foram feitos pelas três e, em alguns casos pediram ajuda a outros compositores, como​​​​​ Rodrigo Crespo, que assina a música Ser Gentia, com letra de Sofia Portugal, e de Ó Sino da Minha Aldeia, de Fernando Pessoa.

Susana Quaresma explica que as diferenças dentro do trio não são um entrave para as harmonias: “Nós as três, a solo, temos timbres e colocações de voz diferentes, e é interessante perceber essa individualidade. Mas quando estamos em uníssono, estamos todas na mesma textura”. A cantora destaca, ainda, as canções Olha MariaMenino d’Oiro – ambas de Sofia Portugal -, e Que Amor Não Engane pela sua complexidade melódica, “com a melodia principal a viajar tanto por uma zona mais aguda, como por uma mais grave, mas que acaba por ser distribuída” pelas três intérpretes, que a levam “a braços”.

As Maria Monda vão participar em vários festivais nacionais, a partir de junho, a convite da Fundação Inatel.

FONTE : Diário de Noticias